Estilo de vida e câncer: entenda como prevenir a doença no dia a dia

O Instituto Nacional do Câncer estima que mais de 620 mil novos casos da doença surgirão no Brasil em 2020. Sabe-se que estilo de vida e câncer tem total relação e que alguns cuidados importantes podem evitar o aparecimento avassalador da doença.

Existem duas formas de um câncer surgir na vida do indivíduo: de forma incontrolável ou de forma evitável.

Fatores genéticos e idade são fatores que não se pode controlar.

Contudo, a prevenção por meio do estilo de vida pode evitar o aparecimento de cânceres e outras doenças graves. Atitudes preventivas são de extrema importância quando se fala em saúde e qualidade de vida.

Por este motivo, no artigo desta semana vamos explorar a relação que existe entre estilo de vida e câncer, quais são os fatores de risco e o que fazer para se prevenir.

Sendo este um assunto que lhe interessa, siga com a leitura até o final para compreender a questão da prevenção no surgimento de cânceres.

Portanto, se informar é uma boa maneira de começar.

Aumento do risco de câncer

Existem diversos fatores relacionados ao estilo de vida que aumentam o risco de câncer. A obesidade é o principal deles, acometendo um grande número de pessoas mundo afora.

Desta maneira, uma pessoa que tem obesidade pode ter chegado a este estágio por questões genéticas, saúde fragilizada ou por um estilo de vida desfavorável.

O que mais chama a atenção quando se fala em estilo de vida e câncer, é que os indivíduos sabem que precisam cuidar da saúde, manter hábitos saudáveis, praticar exercícios físicos e se alimentar bem, mas não o fazem.

Em muitos casos, como costumamos ver por aqui, a pessoa só muda seu estilo de vida após vivenciar uma doença grave ou ser impactado pelo surgimento de um câncer.

É fato que nunca é tarde para começar a cuidar da saúde com determinação e disciplina, mas ninguém precisa esperar pelo pior para adotar iniciativas preventivas que resultaram em uma vida longa e saudável.

Leia mais: Você conhece o seus fatores de risco?

Estilo de vida e câncer: quais são são os fatores de risco

Toda mudança gera um desconforto e mexer no estilo de vida de uma pessoa não seria diferente. 

Hábitos enraizados e a exposição que se tem sobre os produtos industrializados “fáceis de consumir”, torna essa missão ainda mais difícil.

No entanto, é extremamente necessário adotar um estilo de vida saudável para prevenir o câncer e, também, diversas outras doenças graves.

Se você chegou até este ponto da leitura é porque deseja mudar seu estilo de vida a fim de preservar sua saúde.

Sendo assim, observe quais são os fatores que merecem a sua atenção para evitar o aumento de risco de cânceres:

  • Tabagismo. Você fuma?
  • Sedentarismo. Quanto você se movimenta durante o dia? Faz atividade física regularmente?
  • Alimentação. O que você costuma comer? Alimentos verdadeiros ou industrializados? Você consome muito açúcar? Consome bebidas alcoólicas com frequência?
  • Radiação ultravioleta. Como você se protege do sol? 
  • Doenças infecciosas. Como você se previne de doenças infecciosas? E das doenças sexualmente transmissíveis?

Sendo assim, avalie tais questões e identifique quais são as mais preocupantes no seu estilo de vida atual. Se algo lhe chamar a atenção, procure um médico especialista para lhe auxiliar.

O que você pode fazer para se prevenir

Sabendo que existem fatores evitáveis quando se fala no surgimento do câncer, a prevenção se torna aliada no alcance de uma vida saudável.

Mas para isso, é preciso cultivar hábitos favoráveis a exemplo do que vou listar abaixo:

  • Não fumar, nem ativa ou passivamente;
  • Evitar consumir alimentos processados, industrializados, açúcares, gorduras de má qualidade, bebidas alcoólicas e produtos refinados;
  • Se alimentar com comida de verdade: frutas, verduras e tudo o que a terra nos dá, além de grãos integrais, gorduras de boa qualidade e água.
  • Praticar atividade física diariamente, ainda que seja 30 minutos por dia. Se movimente para manter o corpo forte e ativo.
  • Faça seu check-up regularmente e converse com seu médico sobre tudo de diferente que venha a sentir no seu corpo. Nesse momento é importante ser transparente.
  • Manter seus exames e vacinas em dia.
  • Fazer sexo seguro.

Desta forma, temos hábitos que são simples e que você pode começar a praticar ainda hoje, basta decidir por isso. Manter o câncer afastado pode depender do que se vive no dia a dia.

O poder da prevenção

Na estimativa do INCA o câncer mais frequente nos homens é o de traqueia, brônquios e pulmões. Esse é um exemplo importante do quando um hábito destrutivo pode resultar em uma doença grave e devastadora.

Hoje em dia, muito se fala sobre os malefícios do cigarro. Contudo, houve uma época em que isso não era o foco das atenções.

E assim, as pessoas não deram a devida importância, passando a colher os resultados de um estilo de vida desfavorável à saúde.

Será que a mesma situação se repete, hoje em dia, com a nossa alimentação?

Dito isto, alimentar-se corretamente aliando todos os outros hábitos saudáveis que citei logo acima, é uma boa forma de manter a doenças graves bem longe.

Prevenir é melhor do que remediar.

Você também pode gostar de ler: O que você tem feito para envelhecer com saúde?

Dr. Victor Sorrentino

O médico gaúcho Victor Sorrentino carrega em seu DNA a relação com a Cirurgia Plástica. Filho de conceituado Cirurgião Plástico, respirou Medicina desde cedo e seguiu sua formação especializando-se no Rio de Janeiro.