Fique atento aos sintomas da falta de vitamina D

A falta de vitamina D é um problema entre boa parte dos brasileiros.

Mesmo se tratando de um país tropical onde o sol costuma fazer parte do nosso cotidiano, a verdade é que boa parte dos brasileiros entre 19 e 59 anos sofrem com a deficiência dessa vitamina no organismo, conforme apontam dados do IBGE.

Afinal, a falta de exposição aos raios solares pode ser a principal razão para esse quadro.

Mas, como saber se falta essa vitamina no organismo?

Antes de tudo, você precisa entender a sua função e, assim, poderá identificar facilmente os sintomas da falta de vitamina D. Continue até o final para saber mais.

Funções da vitamina D

A vitamina D, embora leve essa definição, é na verdade um hormônio. Além de regular a expressão de mais de 1000 genes, tem função direta no funcionamento de diversos órgãos e sistemas.

Entre suas funções, podemos destacar o fortalecimento dos ossos e dentes, do sistema imunológico, melhor absorção de cálcio e fósforo no intestino e melhora da saúde cardiovascular.

Seus bons níveis também auxiliam no ganho e manutenção da massa muscular, na prevenção do câncer e no retardo do envelhecimento.

Com tantas funções importantes, já podemos suspeitar que a sua falta tenha impactos negativos em todo o organismo.

Leia também: Ingerir cálcio sem beber leite é possível?

Quais os sinais de deficiência da vitamina D?

Infelizmente, os sintomas da falta de vitamina D costumam se manifestar apenas quando o paciente já sofre muito com a sua deficiência. Por isso, é muito importante ficar atento aos sinais abaixo:

  • Sensação de fraqueza, cansaço e mal-estar;
  • Dores musculares;
  • Dores nas articulações;
  • Dificuldades na cicatrização;
  • Perda de cabelo;
  • Dores nas costas e nos ossos;
  • Ficar doente com frequência.

Diante desses sinais, o ideal é rever os seus hábitos.

Pegar um pouco de sol nos braços e pernas por alguns minutos durante a manhã é suficiente para elevar os níveis de vitamina D no organismo.

Reveja também a necessidade de usar muito protetor solar todos os dias. 

A prevenção ao câncer de pele é muito importante para quem passa longas horas sob os raios solares.

No entanto, se o único momento que você se expõe ao sol é em algum intervalo do trabalho em escritório, considere uma oportunidade para obter um pouco da vitamina D.

Quem não consegue essa exposição, ou por qualquer motivo não está com seus níveis ótimos, é essencial uma consulta médica para medir seus níveis hormonais e assim suplementar a vitamina D.

Mas, jamais faça essa suplementação por conta própria. Cada pessoa conta com a quantidade específica de reposição.

Eu espero que, a partir deste artigo, você fique atento aos sintomas da falta de vitamina D.

Aproveite os meses de verão para garantir os bons níveis desse hormônio no organismo.

Até a próxima!

Dr. Victor Sorrentino

O médico gaúcho Victor Sorrentino carrega em seu DNA a relação com a Cirurgia Plástica. Filho de conceituado Cirurgião Plástico, respirou Medicina desde cedo e seguiu sua formação especializando-se no Rio de Janeiro.