Como reduzir a exposição a metais pesados?

A exposição a metais pesados, infelizmente, faz parte do nosso cotidiano mais do que deveria.

Metais como chumbo, cádmio, ferro, arsênico e mercúrio fazem parte da crosta terrestre e desde sempre tivemos contato com cada um deles.

No entanto, o grande problema é a dose à qual estamos expostos diariamente. Não é por acaso que os níveis ósseos de chumbo estão 100 vezes maiores hoje do que há 50 anos, conforme apontam estudos.

Esses metais estão em todo lugar. Desde o ar que respiramos até na água que bebemos, além dos alimentos que consumimos e nossos cosméticos.

Então, como fazemos para reduzir a exposição a metais pesados? Leia o artigo até o final e entenda como é possível.

Por que reduzir a exposição a metais pesados?

Já existe literatura científica detalhando o quanto a exposição a metais pesados é prejudicial ao organismo.

Esses metais podem penetrar em células de órgãos como cérebro, fígado e coração, originando desordens metabólicas. Esse desequilíbrio pode originar problemas psicológicas, comorbidades cardíacas, insuficiência renal e até mesmo câncer.

Por isso, é importante ficar atento às dicas abaixo.

Dê preferência aos alimentos orgânicos

Estudos comprovam o quanto metais pesados prejudicam o solo, em especial, quando utilizados em terrenos pobres em micronutrientes. Isso reflete diretamente na qualidade dos alimentos.

Atualmente, estimativas apontam que os alimentos cultivados com uso desses pesticidas e fertilizantes são entre 10 e 100 vezes mais intoxicados com metais pesados que os alimentos vindos da agricultura orgânica.

Cuidado com os seus cosméticos

O acúmulo de substâncias como parabenos, ftalatos, chumbo, corantes e formaldeído podem resultar em sérios problemas de saúde. Todos esses elementos são comuns nos cosméticos que fazem parte do cotidiano das pessoas.

Por isso, prestar atenção às fórmulas ou mesmo reduzir seu consumo pode ser um caminho para um corpo desintoxicado.

Preste atenção à qualidade da água

A água é um importante veículo de metais pesados, afinal, é muito contaminada pelos agrotóxicos e também pelo próprio sistema de tratamento.

Vale a pena investir em um sistema de filtragem de qualidade em qualquer residência. Assim, é possível evitar a contaminação por metais pesados por meio da água.

Leia também: Por que você se sente doente mesmo com os exames normais?

Hábitos saudáveis para uma vida menos tóxica

Além de todos os cuidados acima, é importante que você invista em bons hábitos de vida.

Viver com mais qualidade e disposição passa por manter uma rotina de atividades físicas e alimentação balanceada.

Se você precisa de um tempo para reequilibrar o organismo, precisa conhecer o Spa Tour Life. Uma verdadeira escola de saúde com o objetivo de devolver o equilíbrio físico e mental para qualquer pessoa.

Logo na entrada, o paciente passa por diversos exames e ali são definidos os tratamentos e terapias necessários ao reequilíbrio. Durante sua estadia no Spa Tour Life, o paciente consome apenas alimentos orgânicos direto da horta, tem contato com terapias alternativas e recebe aulas sobre saúde para manter os resultados após deixar o Spa.

Um dos protocolos mais interessantes para quem deseja desintoxicar é o Protocolo Detox.

Viver muito menos intoxicado é possível e está ao seu alcance!

Espero que com este artigo você entenda a importância de reduzir a exposição a metais pesados.

Até a próxima!

Dr. Victor Sorrentino

O médico gaúcho Victor Sorrentino carrega em seu DNA a relação com a Cirurgia Plástica. Filho de conceituado Cirurgião Plástico, respirou Medicina desde cedo e seguiu sua formação especializando-se no Rio de Janeiro.