Beber água para potencializar o cérebro

Você sabia da necessidade de beber água para potencializar o cérebro?

Aqui neste blog, costumamos falar bastante da importância da boa alimentação em prol de uma vida mais saudável.

E isso inclui seu cérebro. Beber água garante maior capacidade de concentração e memória.

Se você cuida bem da sua nutrição com objetivo de garantir a saúde, o seu cérebro é igualmente beneficiado dessa decisão.

Beber água é um hábito simples e barato. No entanto, a maior parte das pessoas deixa de lado essa necessidade vital ao organismo ao longo de seu cotidiano.

Hoje, vou falar com você sobre a sua memória. Continue aqui para saber como beber água para potencializar o cérebro funciona.

Beber água para ser capaz de lembrar

Sua alimentação pode estar bastante equilibrada. Ainda assim, se você não consome a quantidade necessária de água, seu cérebro não alcança o desempenho máximo.

Você pode até pensar que é algo tão simples… Afinal, qual a real importância?

É claro que, sozinha, a água não tem capacidade de restaurar memórias.

No entanto, repito: sem a quantidade suficiente de água, nada do que você faz para seu cérebro funcionar bem é eficaz.

Um estudo realizado pela Universidade do Leste de Londres e pela Universidade de Westminster comprovou, em 2017, que aumentar em 300ml a ingestão diária de água melhorou a memória e a concentração dos participantes do experimento em 25%.

Além disso, também melhorou o humor dos adultos em 20%.

Leia também: Alimentação e memória: o que você come tem impacto nas suas lembranças.

Mas, e se eu já bebo água?

Conforme a Organização Mundial da Saúde – OMS, um homem adulto de 60kg deve beber pelo menos 2,5 litros de água por dia. Você bebe a quantidade necessária?

Se a resposta for não, está na hora de começar. A água conta com potencial terapêutico para todas as áreas do corpo, inclusive o cérebro.

Vou compartilhar aqui um estudo do Kuopio Ischemic Heart Disease (KIHD), que acompanhou 2300 homens saudáveis por 20 anos. Entre esses, um grupo que usava a sauna de 4 a 7 vezes por semana, apresentavam 66% a menos de chances de demência.

Lembrando que a sauna utiliza o poder da água e do calor como principais terapias, conforme já expliquei aqui neste artigo.

Além disso, esses homens também apresentavam 65% menos chances de desenvolver Alzheimer. Se você optar pela sauna para completar os seus níveis de água, recomendo que faça com acompanhamento médico e nutricional.

O uso constante da sauna pode fazer necessária a suplementação do magnésio, que é perdido diante de situações de extremo suor. Não apenas na sauna, mas na prática de exercícios físicos.

Eu espero que este conteúdo ajude você a entender a importância de beber água para potencializar o cérebro.

Até a próxima!

Dr. Victor Sorrentino

O médico gaúcho Victor Sorrentino carrega em seu DNA a relação com a Cirurgia Plástica. Filho de conceituado Cirurgião Plástico, respirou Medicina desde cedo e seguiu sua formação especializando-se no Rio de Janeiro.