Relação entre anticoncepcional e câncer

Você já ouviu que anticoncepcional e câncer estão associados? Mais do que uma conversa nebulosa vinda de alguns profissionais da área da saúde, atualmente essa relação foi alvo de estudos e produziu resultados surpreendentes.

Foi na Dinamarca, na Universidade de Copenhague que um grande estudo envolvendo 1,8 milhões de mulheres entre 15 e 49 anos durante mais de uma década foi conduzido. O objetivo era analisar se o uso da pílula contraceptiva aumenta as chances de desenvolver o câncer.

Risco de câncer de mama

Durante o período da pesquisa, a constatação foi de que o uso de anticoncepcional aumenta em 20% o risco de desenvolver o câncer de mama se comparado a mulheres que usam contraceptivos sem hormônios. No total, foram identificados 11.517 casos de câncer de mama entre as participantes do estudo.

O estudo também mostrou que, quanto mais tempo o produto é usado, maior o risco. O grupo que já tomava anticoncepcional por mais de uma década e tinha mais de 40 anos era o mais propenso a desenvolver câncer.

Progesterona como hormônio protetor

Outro estudo investigou o papel protetor da progesterona bio idêntica na prevenção do câncer de mama. As 1083 mulheres do estudo foram tratadas contra infertilidade e acompanhadas durante uma década.

As chances de contrair câncer de mama pré-menopausa era 5,4 vezes maior entre as mulheres que apresentavam níveis baixos desse hormônio do que entre aquelas com as taxas normais.

Inclusive, a mortalidade por câncer também foi dez vezes maior no grupo das mulheres com baixos níveis de progesterona. É importante ressaltar que prejudicial é o hormônio em sua forma sintética, tal como encontramos na pílula anticoncepcional e outros contraceptivos hormonais.

Como ficar livre do anticoncepcional?

Atualmente, com a relação entre anticoncepcional e câncer bastante estudada e divulgada, muitas mulheres desejam recorrer a outros métodos contraceptivos. É importante que você consulte seu médico para que ele avalie a sua saúde de forma geral, a sua taxa de hormônios e oriente em relação ao uso de anticoncepcionais.

Espero que este artigo tenha explicado sobre a relação entre anticoncepcional e câncer.

Até a próxima!

Dr. Victor Sorrentino

O médico gaúcho Victor Sorrentino carrega em seu DNA a relação com a Cirurgia Plástica. Filho de conceituado Cirurgião Plástico, respirou Medicina desde cedo e seguiu sua formação especializando-se no Rio de Janeiro.